20 dicas para deixar a casa mais arejada e fresquinha

No comments yet

capturar

(Foto: Reprodução Internet)

Nem sempre é preciso ter um ar-condicionado para conseguir frescor nos ambientes da casa. Alternativas simples como acertar na posição das janelas, ter paredes com elementos vazados ou ainda usar revestimentos frios nos pisos são exemplos de como ter bons resultados neste assunto. Quer conhecer outras saídas e deixar a casa mais arejada? Veja abaixo 20 dicas:

1. Na hora de fechar o projeto, avalie bem o posicionamento de janelas e portas de acordo com a orientação solar, de forma que haja boa circulação natural;

2. Persianas ajudam a manter o ambiente claro e arejado;

3. Abuse de cobogós e elementos vazados que deixam que o ar circule melhor pelos ambientes;

4. ‘Utilizar materiais frios, como pedras, cerâmicas e porcelanatos também contribuem para a diminuição da temperatura do ambiente’, sugere a arquiteta Nathália Otoni;

5. Se está construindo ou reformando, pense na possibilidade de fazer um ‘telhado verde’, com gramas que retêm parte do calor que seria transferido para o interior do projeto;

6. Projete janelas com peitoril mais baixo que o convencional. ‘Ambientes mais claros e iluminados são mais frescos”, indica a arquiteta Adriana Bijarra Cuoco;

7. Priorize as lâmpadas do tipo LED, que geram menos calor;

8. ‘Utilize iluminação indireta, como arandelas, para diminuir a intensidade de luz’, indica o arquiteto Giuseppe Cafasso;

9. Use telas do tipo ‘mosqueteira’ nas janelas para conseguir deixá-las abertas de madrugada, para entrar o frescor da noite;

10. Faça um jardim interno com vasos de barro e plantas naturais maiores;

11. Use e abuse de plantas e flores dentro de casa: podem ser nas laterais do aparador, na mesinha de centro, em uma parede. ‘Uma boa indicação é a pacová’, diz Adriana Cuoco;

12. Use também uma pequena fonte de água em uma mesinha lateral, por exemplo, para remeter a um ambiente mais fresco;

13. Diminua a quantidade de móveis nos ambientes, para que ventile melhor;

14. Retire de salas e quartos tapetes peludos e de cores escuras, trocando-os por esteiras de tatame, por exemplo;

15. Evite sofás em tecidos como chenille ou veludo, que são mais pesados e quentes;

16. Dê preferência a tecidos naturais, como linho e algodão, que são mais leves, para sofás, almofadas e estofamento de cadeiras;

17. Cortinas claras ajudam no controle da incidência solar no ambiente;

18. Outra opção são as cortinas de telas solares, feitas em fibra de vidro com PVC, que protegem do calor e ainda podem ser translúcidas;

19. Preferencialmente, use cores frias ou em tons pastel na pintura das paredes e nos acessórios, pois transmitem mais refrescância;

20. Almofadas e artigos decorativos de renda, com estampas florais ou de paisagens remetem à sensação de frescor. Pode usar sem medo.

 

Texto: Delas Ig